outras imagens do produto

Cânticos da Alma

Hadjalmar El Vaim

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponibilidade: Não disponível

6,29 US$


Sumário

Livro capa mole

Detalhes

Aos Estimados Leitores! A Editora Chá de Caxinde decidiu abrir um espaço e oportunidade nova, consoante as suas próprias possibilidades e limitações, a autores, que não se assumindo necessariamente como escritores decidiram revelar ao público, textos, estudos, memórias, experiências vividas, que ao longo dos anos foram escrevendo e guardando no âmago da sua intimidade. Por timidez? Por medo da crítica, sempre exigente em matéria de especialidade? Por consciência das limitações próprias? Enfim, quaisquer que sejam as razões, decidiram porém, um dia, sacudir a poeira, presumíveis constrangimentos e publicar, com a coragem e os riscos inerentes a tal decisão. A oportunidade aberta pela Chá de Caxinde revelará através da COLECÇÃO ABERTA, um ou outro, (quem sabe?), surpreendente escritor, até agora desconhecido. Terão os Leitores a oportunidade de conhecer, se outra surpresa não acontecer, pelo menos, factos, estudos, episódios, acontecimentos, que nesta época de recomeço da vida e de serenas vivências plurais, suscitem algum interesse e motivações, em cada um dos nossos queridos Leitores. A COLECÇÃO ABERTA, acolhe mais um número com o título Cânticos da Alma de Hadjalmar El Vaim. Os Editores Aos Estimados Leitores! A Editora Chá de Caxinde decidiu abrir um espaço e oportunidade nova, consoante as suas próprias possibilidades e limitações, a autores, que não se assumindo necessariamente como escritores decidiram revelar ao público, textos, estudos, memórias, experiências vividas, que ao longo dos anos foram escrevendo e guardando no âmago da sua intimidade. Por timidez? Por medo da crítica, sempre exigente em matéria de especialidade? Por consciência das limitações próprias? Enfim, quaisquer que sejam as razões, decidiram porém, um dia, sacudir a poeira, presumíveis constrangimentos e publicar, com a coragem e os riscos inerentes a tal decisão. A oportunidade aberta pela Chá de Caxinde revelará através da COLECÇÃO ABERTA, um ou outro, (quem sabe?), surpreendente escritor, até agora desconhecido. Terão os Leitores a oportunidade de conhecer, se outra surpresa não acontecer, pelo menos, factos, estudos, episódios, acontecimentos, que nesta época de recomeço da vida e de serenas vivências plurais, suscitem algum interesse e motivações, em cada um dos nossos queridos Leitores. A COLECÇÃO ABERTA, acolhe mais um número com o título Cânticos da Alma de Hadjalmar El Vaim. Os Editores Aos Estimados Leitores! A Editora Chá de Caxinde decidiu abrir um espaço e oportunidade nova, consoante as suas próprias possibilidades e limitações, a autores, que não se assumindo necessariamente como escritores decidiram revelar ao público, textos, estudos, memórias, experiências vividas, que ao longo dos anos foram escrevendo e guardando no âmago da sua intimidade. Por timidez? Por medo da crítica, sempre exigente em matéria de especialidade? Por consciência das limitações próprias? Enfim, quaisquer que sejam as razões, decidiram porém, um dia, sacudir a poeira, presumíveis constrangimentos e publicar, com a coragem e os riscos inerentes a tal decisão. A oportunidade aberta pela Chá de Caxinde revelará através da COLECÇÃO ABERTA, um ou outro, (quem sabe?), surpreendente escritor, até agora desconhecido. Terão os Leitores a oportunidade de conhecer, se outra surpresa não acontecer, pelo menos, factos, estudos, episódios, acontecimentos, que nesta época de recomeço da vida e de serenas vivências plurais, suscitem algum interesse e motivações, em cada um dos nossos queridos Leitores. A COLECÇÃO ABERTA, acolhe mais um número com o título Cânticos da Alma de Hadjalmar El Vaim. Os Editores Aos Estimados Leitores! A Editora Chá de Caxinde decidiu abrir um espaço e oportunidade nova, consoante as suas próprias possibilidades e limitações, a autores, que não se assumindo necessariamente como escritores decidiram revelar ao público, textos, estudos, memórias, experiências vividas, que ao longo dos anos foram escrevendo e guardando no âmago da sua intimidade. Por timidez? Por medo da crítica, sempre exigente em matéria de especialidade? Por consciência das limitações próprias? Enfim, quaisquer que sejam as razões, decidiram porém, um dia, sacudir a poeira, presumíveis constrangimentos e publicar, com a coragem e os riscos inerentes a tal decisão. A oportunidade aberta pela Chá de Caxinde revelará através da COLECÇÃO ABERTA, um ou outro, (quem sabe?), surpreendente escritor, até agora desconhecido. Terão os Leitores a oportunidade de conhecer, se outra surpresa não acontecer, pelo menos, factos, estudos, episódios, acontecimentos, que nesta época de recomeço da vida e de serenas vivências plurais, suscitem algum interesse e motivações, em cada um dos nossos queridos Leitores. A COLECÇÃO ABERTA, acolhe mais um número com o título Cânticos da Alma de Hadjalmar El Vaim. Os Editores Aos Estimados Leitores! A Editora Chá de Caxinde decidiu abrir um espaço e oportunidade nova, consoante as suas próprias possibilidades e limitações, a autores, que não se assumindo necessariamente como escritores decidiram revelar ao público, textos, estudos, memórias, experiências vividas, que ao longo dos anos foram escrevendo e guardando no âmago da sua intimidade. Por timidez? Por medo da crítica, sempre exigente em matéria de especialidade? Por consciência das limitações próprias? Enfim, quaisquer que sejam as razões, decidiram porém, um dia, sacudir a poeira, presumíveis constrangimentos e publicar, com a coragem e os riscos inerentes a tal decisão. A oportunidade aberta pela Chá de Caxinde revelará através da COLECÇÃO ABERTA, um ou outro, (quem sabe?), surpreendente escritor, até agora desconhecido. Terão os Leitores a oportunidade de conhecer, se outra surpresa não acontecer, pelo menos, factos, estudos, episódios, acontecimentos, que nesta época de recomeço da vida e de serenas vivências plurais, suscitem algum interesse e motivações, em cada um dos nossos queridos Leitores. A COLECÇÃO ABERTA, acolhe mais um número com o título Cânticos da Alma de Hadjalmar El Vaim. Os Editores Aos Estimados Leitores! A Editora Chá de Caxinde decidiu abrir um espaço e oportunidade nova, consoante as suas próprias possibilidades e limitações, a autores, que não se assumindo necessariamente como escritores decidiram revelar ao público, textos, estudos, memórias, experiências vividas, que ao longo dos anos foram escrevendo e guardando no âmago da sua intimidade. Por timidez? Por medo da crítica, sempre exigente em matéria de especialidade? Por consciência das limitações próprias? Enfim, quaisquer que sejam as razões, decidiram porém, um dia, sacudir a poeira, presumíveis constrangimentos e publicar, com a coragem e os riscos inerentes a tal decisão. A oportunidade aberta pela Chá de Caxinde revelará através da COLECÇÃO ABERTA, um ou outro, (quem sabe?), surpreendente escritor, até agora desconhecido. Terão os Leitores a oportunidade de conhecer, se outra surpresa não acontecer, pelo menos, factos, estudos, episódios, acontecimentos, que nesta época de recomeço da vida e de serenas vivências plurais, suscitem algum interesse e motivações, em cada um dos nossos queridos Leitores. A COLECÇÃO ABERTA, acolhe mais um número com o título Cânticos da Alma de Hadjalmar El Vaim. Os Editores

Características do Produto

Autor Hadjalmar El Vaim
Editora Chá de Caxinde
N.° da Edição 1
Ano de publicação 2011
Números de Páginas 78
Formato Livro capa mole
Língua Português
ISBN 9789728934996
País de origem Angola
Código 20041
Dimensão [cm] 21 x 13 x 0,6
Sobre o Autor Hadjalmar EI Vaim nasceu na capital angolana, Luanda, no dia 4 de Setembro de 1984. Emigrou para Lisboa com a mãe antes dos três anos de idade. Cresceu no Barreiro. Escreveu o seu primeiro poema, Mãe Angolana, aos 12 anos. Trabalhou e/ou colaborou para diversos órgãos de comunicação social como o programa Revista África da TV Globo Internacional, Lac, Revista Caras, Revista Chocolate, Revista Talentos, Revista Vida e Revista SuperNoite, onde exerceu funções de direcção e de produção. Em 2009 fez parte da redacção da Revista Caras onde foi repórter, tendo também coordenado, durante alguns meses, a organização das matérias a serem publicadas. Activista humanitário, fundou e dirige um grupo de jovens denominado Projecto Esperança, um grupo de voluntários focado em causas humanitárias.
Categoria Poesia » Descobre mais nessa categoria