outras imagens do produto

Mercado de Histórias: Relatos e Poemas de África e do Caribe

Vários

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponibilidade: Não disponível

5,98 US$


Sumário

Livro capa mole

Detalhes

A nova literatura que se produz em África e no Caribe, herdeira sem dúvida de "grandes antepassados" é extraordinariamente viva, perturbadora, abundante. Preocupada em falar do mundo e contar o seu "mundo", com ritmo, com energia criadora. Literatura de exílio ou de diáspora, de mestiçagem cultural, que modifica as ideologias identitárias e se nega a circunscrever-se numa mal determinada categoria de "africanidade" em "exotismo" ou "literatura ética" e que afirma, ao contrário, a sua vocação universal com vigor, arrasando, jogando com todas as estratégias narrativas, rompendo tabús: uma África e um Caribe novos tomam a palavra neste Mercado de Histórias, Relatos e poemas de África e do Caribe, Muito longe, na verdade, dos estereotipos que marcam estas literaturas. Estão aqui dezoito autores desta revolução literária em marcha, com a sensação de que poderíamos ter proposto muitos mais. A literatura no futuro não poderá entender-se sem a presença dos criadores desta zona do planeta. A Associação Cultural Translit é uma entidade de carácter não lucrativo criada em Barcelona em 1993 para promover e divulgar a literatura de origem africana, asiática e caribenha no estado Espanhol, através de jornadas, publicações de referência e outras actividades relacionadas com a literatura. No primeiro livro da Translit, Rostos da Europa (1995), apresentava doze autores de Àfrica, Àsia e Caribe que viviam na Europa. o segundo, Nómadas das Palavras (1997), incorporava tanto autores residentes em, Àfrica ou na Àsia, como autores de origem africana e asiatica já nascidos na Europa. Intersecções (1999) foi a terceira antologia, onde também á doze autores residentes ou não na Europa, e onde se representava especialmente a literatura africana em língua portuguesa, menos conhecida, difundida e' traduzida. Para paliar o desconhecimento generalizado da produção literária africana e com o desejo de criar uma fonte de consulta e estímulo para os que queiram aprofundar o seu conhecimento, a Translit elabora a sua quarta publicação, Dicionário de literatura da .África Subsarihana (2001), onde se reunem os dados biograficos e bibliografias de 153 autores e autoras, acompanhadas de comentários acerca de algumas das suas obras mais significantes. Mercado de Histórias, Relatos e poemas de África e do Caribe é o quinto livro e a quarta recompilação que, fiel aos critérios das anteriores, inclui las apontaciones literárias dos dezoito autores e autoras presentes no encontro literário Translit'03 Mercado de Histórias com o apoio de: Programa de apoio às manifestações culturais ACP na Europa (PAMCE) da União Europeia, O Instituto da Cultura de Barcelona, o Programa de Barcelona Solidária del Ajuntament de Barcelona, a Instituição das Letras Catalães, o Instituto Camões de Lisboa, o Consórcio de Bibliotecas de Barcelona, a Editorial Icaria e o Centro de Cultura Contemporânea de Barcelona. Para além disso, conta com a colaboração de: Cooperativa Lai-morno de Bolonha (ltália), Associação Cultural e Recreativa Chá de Caxinde de Luanda (Angola), Fetival Etonnants Voyageurs Afrique de Bamako ( Mali), Aula de Poesia de barcelona, Centro de Estudos Africanos de Barcelona, as livrarias Jaimes, La Cenral del Raval, Altair, La Plomae Laie de Barcelona, Associação Africate, Associação Ull Anónims. A nova literatura que se produz em África e no Caribe, herdeira sem dúvida de "grandes antepassados" é extraordinariamente viva, perturbadora, abundante. Preocupada em falar do mundo e contar o seu "mundo", com ritmo, com energia criadora. Literatura de exílio ou de diáspora, de mestiçagem cultural, que modifica as ideologias identitárias e se nega a circunscrever-se numa mal determinada categoria de "africanidade" em "exotismo" ou "literatura ética" e que afirma, ao contrário, a sua vocação universal com vigor, arrasando, jogando com todas as estratégias narrativas, rompendo tabús: uma África e um Caribe novos tomam a palavra neste Mercado de Histórias, Relatos e poemas de África e do Caribe, Muito longe, na verdade, dos estereotipos que marcam estas literaturas. Estão aqui dezoito autores desta revolução literária em marcha, com a sensação de que poderíamos ter proposto muitos mais. A literatura no futuro não poderá entender-se sem a presença dos criadores desta zona do planeta. A Associação Cultural Translit é uma entidade de carácter não lucrativo criada em Barcelona em 1993 para promover e divulgar a literatura de origem africana, asiática e caribenha no estado Espanhol, através de jornadas, publicações de referência e outras actividades relacionadas com a literatura. No primeiro livro da Translit, Rostos da Europa (1995), apresentava doze autores de Àfrica, Àsia e Caribe que viviam na Europa. o segundo, Nómadas das Palavras (1997), incorporava tanto autores residentes em, Àfrica ou na Àsia, como autores de origem africana e asiatica já nascidos na Europa. Intersecções (1999) foi a terceira antologia, onde também á doze autores residentes ou não na Europa, e onde se representava especialmente a literatura africana em língua portuguesa, menos conhecida, difundida e' traduzida. Para paliar o desconhecimento generalizado da produção literária africana e com o desejo de criar uma fonte de consulta e estímulo para os que queiram aprofundar o seu conhecimento, a Translit elabora a sua quarta publicação, Dicionário de literatura da .África Subsarihana (2001), onde se reunem os dados biograficos e bibliografias de 153 autores e autoras, acompanhadas de comentários acerca de algumas das suas obras mais significantes. Mercado de Histórias, Relatos e poemas de África e do Caribe é o quinto livro e a quarta recompilação que, fiel aos critérios das anteriores, inclui las apontaciones literárias dos dezoito autores e autoras presentes no encontro literário Translit'03 Mercado de Histórias com o apoio de: Programa de apoio às manifestações culturais ACP na Europa (PAMCE) da União Europeia, O Instituto da Cultura de Barcelona, o Programa de Barcelona Solidária del Ajuntament de Barcelona, a Instituição das Letras Catalães, o Instituto Camões de Lisboa, o Consórcio de Bibliotecas de Barcelona, a Editorial Icaria e o Centro de Cultura Contemporânea de Barcelona. Para além disso, conta com a colaboração de: Cooperativa Lai-morno de Bolonha (ltália), Associação Cultural e Recreativa Chá de Caxinde de Luanda (Angola), Fetival Etonnants Voyageurs Afrique de Bamako ( Mali), Aula de Poesia de barcelona, Centro de Estudos Africanos de Barcelona, as livrarias Jaimes, La Cenral del Raval, Altair, La Plomae Laie de Barcelona, Associação Africate, Associação Ull Anónims. A nova literatura que se produz em África e no Caribe, herdeira sem dúvida de "grandes antepassados" é extraordinariamente viva, perturbadora, abundante. Preocupada em falar do mundo e contar o seu "mundo", com ritmo, com energia criadora. Literatura de exílio ou de diáspora, de mestiçagem cultural, que modifica as ideologias identitárias e se nega a circunscrever-se numa mal determinada categoria de "africanidade" em "exotismo" ou "literatura ética" e que afirma, ao contrário, a sua vocação universal com vigor, arrasando, jogando com todas as estratégias narrativas, rompendo tabús: uma África e um Caribe novos tomam a palavra neste Mercado de Histórias, Relatos e poemas de África e do Caribe, Muito longe, na verdade, dos estereotipos que marcam estas literaturas. Estão aqui dezoito autores desta revolução literária em marcha, com a sensação de que poderíamos ter proposto muitos mais. A literatura no futuro não poderá entender-se sem a presença dos criadores desta zona do planeta. A Associação Cultural Translit é uma entidade de carácter não lucrativo criada em Barcelona em 1993 para promover e divulgar a literatura de origem africana, asiática e caribenha no estado Espanhol, através de jornadas, publicações de referência e outras actividades relacionadas com a literatura. No primeiro livro da Translit, Rostos da Europa (1995), apresentava doze autores de Àfrica, Àsia e Caribe que viviam na Europa. o segundo, Nómadas das Palavras (1997), incorporava tanto autores residentes em, Àfrica ou na Àsia, como autores de origem africana e asiatica já nascidos na Europa. Intersecções (1999) foi a terceira antologia, onde também á doze autores residentes ou não na Europa, e onde se representava especialmente a literatura africana em língua portuguesa, menos conhecida, difundida e' traduzida. Para paliar o desconhecimento generalizado da produção literária africana e com o desejo de criar uma fonte de consulta e estímulo para os que queiram aprofundar o seu conhecimento, a Translit elabora a sua quarta publicação, Dicionário de literatura da .África Subsarihana (2001), onde se reunem os dados biograficos e bibliografias de 153 autores e autoras, acompanhadas de comentários acerca de algumas das suas obras mais significantes. Mercado de Histórias, Relatos e poemas de África e do Caribe é o quinto livro e a quarta recompilação que, fiel aos critérios das anteriores, inclui las apontaciones literárias dos dezoito autores e autoras presentes no encontro literário Translit'03 Mercado de Histórias com o apoio de: Programa de apoio às manifestações culturais ACP na Europa (PAMCE) da União Europeia, O Instituto da Cultura de Barcelona, o Programa de Barcelona Solidária del Ajuntament de Barcelona, a Instituição das Letras Catalães, o Instituto Camões de Lisboa, o Consórcio de Bibliotecas de Barcelona, a Editorial Icaria e o Centro de Cultura Contemporânea de Barcelona. Para além disso, conta com a colaboração de: Cooperativa Lai-morno de Bolonha (ltália), Associação Cultural e Recreativa Chá de Caxinde de Luanda (Angola), Fetival Etonnants Voyageurs Afrique de Bamako ( Mali), Aula de Poesia de barcelona, Centro de Estudos Africanos de Barcelona, as livrarias Jaimes, La Cenral del Raval, Altair, La Plomae Laie de Barcelona, Associação Africate, Associação Ull Anónims. A nova literatura que se produz em África e no Caribe, herdeira sem dúvida de "grandes antepassados" é extraordinariamente viva, perturbadora, abundante. Preocupada em falar do mundo e contar o seu "mundo", com ritmo, com energia criadora. Literatura de exílio ou de diáspora, de mestiçagem cultural, que modifica as ideologias identitárias e se nega a circunscrever-se numa mal determinada categoria de "africanidade" em "exotismo" ou "literatura ética" e que afirma, ao contrário, a sua vocação universal com vigor, arrasando, jogando com todas as estratégias narrativas, rompendo tabús: uma África e um Caribe novos tomam a palavra neste Mercado de Histórias, Relatos e poemas de África e do Caribe, Muito longe, na verdade, dos estereotipos que marcam estas literaturas. Estão aqui dezoito autores desta revolução literária em marcha, com a sensação de que poderíamos ter proposto muitos mais. A literatura no futuro não poderá entender-se sem a presença dos criadores desta zona do planeta. A Associação Cultural Translit é uma entidade de carácter não lucrativo criada em Barcelona em 1993 para promover e divulgar a literatura de origem africana, asiática e caribenha no estado Espanhol, através de jornadas, publicações de referência e outras actividades relacionadas com a literatura. No primeiro livro da Translit, Rostos da Europa (1995), apresentava doze autores de Àfrica, Àsia e Caribe que viviam na Europa. o segundo, Nómadas das Palavras (1997), incorporava tanto autores residentes em, Àfrica ou na Àsia, como autores de origem africana e asiatica já nascidos na Europa. Intersecções (1999) foi a terceira antologia, onde também á doze autores residentes ou não na Europa, e onde se representava especialmente a literatura africana em língua portuguesa, menos conhecida, difundida e' traduzida. Para paliar o desconhecimento generalizado da produção literária africana e com o desejo de criar uma fonte de consulta e estímulo para os que queiram aprofundar o seu conhecimento, a Translit elabora a sua quarta publicação, Dicionário de literatura da .África Subsarihana (2001), onde se reunem os dados biograficos e bibliografias de 153 autores e autoras, acompanhadas de comentários acerca de algumas das suas obras mais significantes. Mercado de Histórias, Relatos e poemas de África e do Caribe é o quinto livro e a quarta recompilação que, fiel aos critérios das anteriores, inclui las apontaciones literárias dos dezoito autores e autoras presentes no encontro literário Translit'03 Mercado de Histórias com o apoio de: Programa de apoio às manifestações culturais ACP na Europa (PAMCE) da União Europeia, O Instituto da Cultura de Barcelona, o Programa de Barcelona Solidária del Ajuntament de Barcelona, a Instituição das Letras Catalães, o Instituto Camões de Lisboa, o Consórcio de Bibliotecas de Barcelona, a Editorial Icaria e o Centro de Cultura Contemporânea de Barcelona. Para além disso, conta com a colaboração de: Cooperativa Lai-morno de Bolonha (ltália), Associação Cultural e Recreativa Chá de Caxinde de Luanda (Angola), Fetival Etonnants Voyageurs Afrique de Bamako ( Mali), Aula de Poesia de barcelona, Centro de Estudos Africanos de Barcelona, as livrarias Jaimes, La Cenral del Raval, Altair, La Plomae Laie de Barcelona, Associação Africate, Associação Ull Anónims.

Características do Produto

Autor Vários
Editora Chá de Caxinde
N.° da Edição 1
Ano de publicação 2003
Números de Páginas 218
Formato Livro capa mole
Língua Português
ISBN n.a.
País de origem Angola
Código 20072
Dimensão [cm] 22,7 x 16,6 x 1,2
Sobre o Autor Não
Categoria Contos » Descobre mais nessa categoria