outras imagens do produto

Nação, Nacionalidade e Nacionalismo em Angola

Patricio Batsikama

Seja o primeiro a avaliar este produto

Disponibilidade: Disponível

34,60 US$

Data estimativa de entrega
Depende do Serviço / Veja informações de envio

Data estimativa de despacho
28/09/2017 - 02/10/2017


Sumário

Livro brochado

Detalhes

A solução política precisa de ser precedida de uma leitura intelectual profunda e pertinente. A experiencia mostra que a falta de domínio intelectual dos problemas africanos bloqueia o tratamento político. A tese de Patrício Batsîkama surge como uma insurreição intelectual e uma ruptura epistemológica.

A trilogia «Nação, Nacionalidade e Nacionalismo» lê-se através de termos «Angola, Angolano e Angolanidade» que são de factos ideológica e politicamente evitados nos debates intelectuais. Batsîkama rompe esse tabu intelectual e cria um ambiente propício para o tratamento político desta problemática. Alerta a opinião pública nacional sobre uma urgência histórica para a qual não se parece ter ainda tomado consciência suficiente. Angola existe: vai de Cabinda ao Cunene. Os Angolanos existem: são herdeiros de várias composições sociais ligadas cultural, jurídica e politicamente ao seu país. Angolanidade existe: representa a maneira apropriada de viver em Angola, garantindo-lhe Paz, Segurança e Prosperidade.

A emergência de Angola nas próximas décadas é determinada pela cultura de paz e da inclusão efectiva dos Angolanos numa prática intelectual dos assuntos públicos do seu país. Batsîkama assume – nesta investigação tão profunda – o papel de intelectual, cuja missão é, tal como o definiu Cheikh Anta Diop: «sacudir a consciência letárgica do seu povo».

Características do Produto

Autor Patricio Batsikama
Editora Mayamba
N.° da Edição 1
Ano de publicação 2016
Números de Páginas 674
Formato Livro
Língua Português
ISBN 9789897610875
País de origem Angola
Código 40160
Dimensão [cm] 23 x 15,5 x 3,7
Sobre o Autor

Patrício Batsîkama

Natural de Makela ma Zômbo (da linhagem Ñtûmb'a Mvêmb'a Ñzînga) a Kibokolo. Bacharel em História, especializada em Filosofia e História da Arte, Mestrado em História, Doutorado em Antropologia, é autor da teoria sobre Etonismo e da trilogia sobre As origens do reino do Kôngo. Mais de uma dúzia dos seus artigos são publicados em revistas científicas das Universidades UFRJ, UFPA, UFOP, entre outro. Apresentou comunicações em várias universidades Universidade de Kansas, Universidade de Columbia/Nova Iorque, Universidade de Florida, Universidade de Texas em Austin, Universidade Agostinho Neto, Universidade Nacional de Seul, Universidade Técnica de Leste em Ancara, IMETRO/Luanda, Universidade de Lisboa, ISCED/Luanda, ISCED/Huambo, etc. É professor de "História das Artes Africanas" e de Lógica na Universidade Agostinho Neto, Faculdade de Ciências Socais.

Livros publicados
  • 2009: Etonismo ou a filosofia de arte sobre a razão tolerante, Luanda: Pensador
  • 2010: As origens do reino do Kôngo, Luanda: Mayamba
  • 2011: O reino do Kôngo e a sua origem meridional, Luanda: universidade editora
  • 2012: Reino do Kongo consoante a Tradição Oral e a sua Bibliografia, Paraíba: UFPBA
  • 2014: Lûmbu: a democracia no antigo reino do Kôngo, Luanda: Mediapress
  • 2014: Lûmbu: a democracia no antigo reino do Kôngo, São Paulo: Casa Cultura
  • 2014: Makela ma Zômbo. Das origens até a criação da circunscrição em 1911, Luanda: Mediapress
  • 2014: Introdução à História das Artes em África, Luanda: Mayamba
  • 2014: José Eduardo dos Santos e a Ideia de Nação angolana, Luanda: Mediapress
  • 2015: José Eduardo dos Santos e a Ideia de Nação angolana, Milão: Expo 2015
  • 2015: A Lógica no ofício do Historiador angolano, Luanda. Vatûnga
  • 2015: Diálogo estéticos angolanos, Luanda: Mediapress
  • 2016: Simão Toko. O Nacionalista da Paz em Angola, Luanda: Mediapress
  • Categoria História de Angola » Descobre mais nessa categoria